Availability check

E.g., 28/10/2021
E.g., 28/10/2021

Quinta do Martelo - Casa do Povoador

Atendendo que esta é uma reconstituição duma casa dos primeiros povoadores, ela está equipada com um conjunto de peças de utilização e decorativas de acordo com a época que é interessante notar. Assim chamamos a sua atenção para : Na casa primitiva os quatros cantos da casa; no de cozinhar o lugar do lume muito primitivo ainda sem forno e a pedra que servia até para fazer pão, o pequeno estendal de roupa para as emergências e as sobras do braseiro que tinham várias utilidades; canto de comer onde a mesa e bancos primitivos feitos em cedro do mato “juniprus brevifolia” com técnicas artesanais primitivas de construção; canto de dormir com a primitiva cama em materiais improvisados da época, com panos feitos de sobras de linho e coberta de lã de confecção manual; canto de guardar com a caixa de madeira que servia para guardar tudo, até cereais, notando-se ainda o talhão da água e as salgadeiras. Podemos ainda ver algumas peças de utilização da época tais como: a candeia a óleo, o equipamento de pesca, as várias ferramentas para o dia-a-dia, o moinho manual, a mecha de acender, os poucos utensílios de cozinha e outros pormenores. A porta de acesso ao resto da casa é, de facto, uma estrutura utilizada como base de cama para os filhos e que era encostada a uma parede dada a falta de espaço. Entrando na zona nova é de notar o mobiliário do quarto todo construído em madeiras endémicas com desenho e técnica tradicionais da Ilha Terceira. Para conforto e comunidade nessa época já existiam mantas de lã feitas em tear manual e todos os outros acessórios são também tradicionais. Até para conforto da alma se encontra um crucifixo rústico. Todos os restantes equipamentos de cozinha, casa de banho e restantes acessórios necessários ao conforto actual são assumidamente modernos.

Detalhes & especificações do quarto: 

Roupão, chinelos, toalha e shampoo
Ar condicionado
Wi-Fi gratuito
Secador cabelo
Ferro
Mini bar
Cofre
TV 75"
Secretaria